Aplicativos de paquera podem ajudar, mas não substituem o olho no olho.

Cuidado para não tinderizar a vida e perder as borboletas no estômago Os aplicativos de relacionamento vieram pra ficar. Numa realidade em que estamos cada vez mais conectados com o mundo através da tela do computador ou celular e menos antenados com o que acontece à nossa volta, chega a ser natural também apelar paraContinuar lendo “Aplicativos de paquera podem ajudar, mas não substituem o olho no olho.”