Deixe ir as pessoas que não estão preparadas para te amar…

“Deixe ir as pessoas que não estão preparadas para te amar. Essa é a coisa mais difícil que você terá que fazer na sua vida e também será a coisa mais importante. Pare de ter conversas difíceis com pessoas que não querem mudar.

Pare de aparecer para as pessoas que não têm interesse na sua presença. Sei que o seu instinto é fazer de tudo para ganhar o apreço dos que o rodeiam, mas é um impulso que rouba o seu tempo, energia, saúde mental e física.

Quando você começa a lutar por uma vida com alegria, interesse e compromisso, nem todo mundo estará pronto para seguir você nesse lugar. Isso não significa que você precisa mudar o que você é, significa que você deve deixar ir as pessoas que não estão prontas para acompanhar você.

Se você é excluído, insultado, esquecido ou ignorado pelas pessoas a quem você dá seu tempo, você não faz um favor ao continuar oferecendo sua energia e sua vida. A verdade é que você não é para todo mundo e nem todos são para você.

Isso é o que torna tão especial quando você encontra pessoas com quem tem amizade ou amor correspondido. Você saberá o quão precioso é porque você experimentou o que não é.

Quanto mais tempo você passa tentando te fazer amar por alguém que não é capaz, mais tempo você perde se privando da possibilidade dessa conexão com outra pessoa.

Há bilhões de pessoas neste planeta e muitas delas vão encontrar-se com você, ao seu nível de interesse e compromisso.

Quanto mais você continua envolvido com pessoas que te usam como almofada, uma opção de segundo plano ou um terapeuta para a cura emocional, mais tempo você se afasta da comunidade que deseja.

Talvez se você parar de aparecer, não seja procurado. Talvez se você parar de tentar, a relação termine. Talvez se você parar de enviar mensagens, seu telefone permanecerá escuro por semanas.Isso não significa que você arruinou a relação, significa que a única coisa que segurava era a energia que só você dava para mantê-la.

Isso não é amor, é apego. É querer dar uma chance pra quem não merece! Você merece muito, existe gente que não deve estar na sua vida, você vai perceber.

A coisa mais valiosa que você tem na sua vida é o seu tempo e energia, pois ambos são limitados. Ao que você der seu tempo e energia, definirá sua existência.

Quando você percebe isso começa a entender porque você está tão ansioso quando passa tempo com pessoas, em atividades, lugares ou situações que não lhe convêm e não devem estar perto de você, você é roubado em energia.

Você começará a perceber que a coisa mais importante que pode fazer por si mesmo e por todos os que o rodeiam é proteger sua energia mais ferozmente do que qualquer outra coisa.

Faça da sua vida um refúgio seguro, no qual só são permitidas pessoas ′′ compatíveis ′′ com você.

Você não é responsável por salvar ninguém. Você não é responsável por convencê-los a melhorar. Não é seu trabalho existir para as pessoas e dar sua vida a elas!

Porque se te sentires mal, se te sentires obrigado, serás a raiz de todos os teus problemas pela tua insistência, temendo que não te devolvam os favores que concedeste. É sua única obrigação perceber que você é o amo do seu destino e aceitar o amor que você acha merecer.

Decida que você merece amizade verdadeira, compromisso verdadeiro e amor completo com pessoas saudáveis e prósperas. Depois espere e veja o quanto tudo começa a mudar e mudará ao lado de pessoas positivas e de energia boa, isso é certo. Não perca tempo com gente que não vale a pena, a mudança lhe dará o amor, a estima, a felicidade, a proteção que você merece e tanto almeja.”

Esse texto maravilhoso é do mestre Anthony Hopkins
Foto original do site IMDB

Você está feliz?

Me fizeram essa pergunta durante uma conversa descompromissada e confesso que hesitei na hora de responder. Acho que muito mais pelo inesperado do que qualquer outra coisa. Minha amiga, que fez a pergunta, ainda complementou: a gente sempre pergunta tanta coisa, né… Mas a gente acaba não perguntando se a pessoa está feliz. Foi aí que percebi o real motivo da minha hesitação: esta não é uma pergunta fácil de ser respondida.

Geralmente atribuímos o ‘ser feliz’ com alguma determinada situação ou meta alcançada. Pode ser o casamento, filhos, trabalho e por aí vai… Mas estar feliz é muito mais profundo que um status. Estar feliz requer que você esteja em paz com você mesmo, de bem com a vida, e, apesar de parecer simples, não é. 

Estar feliz exige maturidade. Pra saber apreciar e valorizar as pequenas coisas. Pode ser o fato de ter saúde, um teto para morar, a beleza das flores na rua e por aí vai… Para se estar feliz, tem que estar feliz hoje e não projetando essa felicidade num momento futuro que pode não chegar. 

Valorizar cada momento, degustar o presente e tratá-lo como de fato é: um presente, aproveitando ao máximo cada segundo… se lambuzando de plenitude. Taí outra palavra que tem tudo a ver com estar feliz. Não aquela trend pra bombar nas redes, mas a que te deixa tão cheia de serenidade e alegria que extrapola o corpo através de luz que contagia quem está por perto. Quem está de bem com a vida, tem este poder.

Mas voltando à pergunta, depois de refletir, cheguei à conclusão de que sim, estou muito feliz! E pretendo seguir sempre assim daqui pra frente. Estar feliz não depende de estado de espírito, é estar em sintonia com nós mesmos. Este é um caminho bastante tortuoso e por vezes dolorido de ser percorrido, mas uma vez que você se encontra, não se perde mais. E pode, então, viver feliz para sempre.